1 GRUPOS DE FAMÍLIAS: Todas as famílias católicas serão organizadas em grupos de cinco a oito famílias. Mas, esse número pode variar para cima ou para baixo, de acordo com a realidade de cada lugar.

2 COORDENADOR DE GRUPO: Cada grupo de famílias terá um coordenador, com ao menos dois auxiliares, isto é, uma pessoa responsável pelo funcionamento do grupo. Mas o coordenador jamais deverá trabalhar sozinho. Deverá ter espírito criativo para distribuir as tarefas e funções entre os auxiliares e todas as pessoas presentes.

3 COORDENAÇÃO GERAL: Além do Pároco, coordenador número um e responsável por toda a paróquia, cada local de missão ou comunidade, terá a Equipe de Coordenação local, cuja tarefa principal consiste em animar os coordenadores de grupos, apoiar as suas iniciativas e realizar com eles reuniões periódicas de avaliação e planejamento. Além disso as comunidades maiores (urbanas - de periferia) podem ser subdivididas em setores. E para dinamizar toda a comunidade paroquial, será importante formar uma Equipe Central da Missão. Todos os componentes das equipes de coordenação, com os coordenadores de grupos e seus auxiliares, serão os Missionários Locais, que animarão a paróquia e as comunidades.

4 REVOADA DOS ANDORES: Em data previamente anunciada, cada grupo de família traz para a igreja, capela ou local de Missão de sua comunidade um andorzinho com a imagem de Nossa Senhora, sob qualquer título e uma Bíblia junto a imagem de Nossa Senhora. O Pároco faz uma Celebração Eucarística, abençoa os andores e transmite uma mensagem de fé aos seus paroquianos. Se não houver Missa, organiza-se outra celebração. No final, todos saem da igreja, em seus grupos, rezando o terço e cantando. Cada grupo se dirige para a casa previamente determinada pelo coordenador. Aí se reza a "Oração de boas-vindas" e se deixa o andor até o encontro seguinte.

5 A CAMINHADA DOS 31 ENCONTROS: Durante 31 encontros todos se reúnem, em horário favorável, à tarde ou à noite, para um encontro ou "novena". Se o número de famílias for pequeno, volta-se mais vezes a mesma casa, até completar os 31 encontros. Cada grupo escolha os dias mais favoráveis. Ter cuidado para não interromper e não deixar esfriar os encontros, principalmente nos últimos dias. Nenhuma família católica deve permanecer indiferente a essa caminhada de fé e vivência de comunidade. É importante a presença de todos. Ausências por motivo de doença ou compromisso inesperado se compreendem. Mas, ninguém deve deixar-se levar pelo comodismo ou indiferentismo nesse momento de graça, que envolve toda a paróquia. Pessoas afastadas receberão convite especial. Pessoas de outras religiões serão bem acolhidas, mas nunca forçadas, Dar também atenção especial para doentes e idosos.

6 SÍMBOLOS PARA OS ENCONTROS: Para cada encontro tem uma sugestão de símbolo. O coordenador e auxiliares do Grupo preparem com antecedência o símbolo sugerido. Podem também inventar outros símbolos.

7 USO DA BÍBLIA NOS ENCONTROS: Será importante usar a Bíblia para proclamar a Lição da Bíblia nos encontros. Os textos escritos neste livro, foram extraídos da Bíblia, Edição Pastoral, das Paulinas. Como encontrar um texto bíblico? Lembramos que a Bíblia tem duas partes, o Antigo e o Novo Testamentos e toda a Bíblia está dividida em Livros, estes em Capítulos e em Versículos. Procure em primeiro lugar no Índice, a lista e a sigla dos livros, depois procure o capítulo que é o primeiro número da citação e este é o número grande dentro do livro e a seguir vem o numero ou números pequenos que são os versículos. Exemplo: Ex.3, 7-10, significa: Livro do Êxodo, capítulo 3, versículos 7 a 10. Nunca procure um texto pela página da Bíblia, pois a paginação de uma edição para outra é diferente.

ORÁRIO DOS ENCONTROS: É importante observar bem o horário dos encontros e não abusar do tempo, prolongando demais as reuniões. A duração máxima será de 50 minutos. Na escolha do horário deve-se pensar também naqueles que dependem do Comércio, das Fábricas, Escolas, Repartições Públicas. Nos colégios, que tem aula ä noite, e nos hospitais, é aconselhável organizar grupos próprios, adaptados à realidade.

8 COMES E BEBES: Não é conveniente dar comes e bebes ou fazer rifas e tirar esmolas nos encontros. Mas, no último dia, se o grupo achar conveniente, pode-se fazer uma confraternização. Mas, deixar bem claro que não se trata do encerramento das Missões. Pelo contrário, agora se aproxima o ponto alto das Missões, com a chegada dos Missionários.

9 PROPAGANDA: Durante os 31 encontros, cada grupo procure também ser uma espécie de equipe de propaganda pelas Missões, utilizando toda espécie de faixas, cartazes e tabuletas, dentro de sua área, e escrevendo a palavra "Missão" ou "Missões" em toda a parte. Cada comunidade tenha a sua equipe de propaganda. Dizeres para faixas e cartazes:

SANTAS MISSÕES ! ( local e data)

o MARIA, CAMINHO PARA JESUS !

o JESUS, O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA !

o MISSÃO, JESUS PASSANDO EM NOSSO MEIO !

o MISSÃO, TEMPO DE ORAÇÃO !

o MISSÃO, TEMPO DE PERDÃO !

o MISSÃO, MISERICÓRDIA DE DEUS !

o CRISTO E VOCÊ NA MISSÃO !

o MISSÃO, TEMPO DE RENOVAÇÃO !  

o CREDE NO EVANGELHO !

o NÃO DIGAS NÃO A DEUS !

o NÃO TENHAMOS MEDO DO EVANGELHO !

o JESUS CRISTO, EU ESTOU AQUI !

o COM CRISTO SOMOS UMA FORÇA !

o A IGREJA MUITO PRECISA DE VOCÊ !

o TODO CRISTÃO É MISSIONÁRIO !

o TODO HOMEM É MEU IRMÃO !

o UM MUNDO QUE REZA É UM MUNDO DE PAZ !

o DEUS É LUZ, PAZ E AMOR !

o MUNDO SEM ORAÇÃO É MUNDO SEM DEUS !

o CRISTO É O RUMO CERTO !

o QUEM REZA SE SALVA, QUEM NÃO REZA SE CONDENA !  

o CRISTO: ONTEM - HOJE - SEMPRE !

o QUEM É DE DEUS, OUVE E PRATICA A PALAVRA DE DEUS !

o VAI E ANUNCIA A BOA NOVA !

o MISSÃO, TEMPO DE PARTICIPAR !

o MISSÃO: - DEUS FAZ A PROPOSTA, - DÊ SUA RESPOSTA !

o MISSÃO: VIVER E CRESCER EM COMUNIDADE !

o POVO UNIDO, JAMAIS SERÁ VENCIDO !

o POVO ORGANIZADO, JAMAIS SERÁ PISADO !